13/03/2011

A história do Tempero caseiro da vó Lourdes

Nessa semana me deu uma nostalgia misturada com saudades...

Quase toda semana eu vou à feira para comprar os meu legumes, frutas e verduras, pois além de encontrar tudo o que preciso em lugar só, há muitas opções, sem falar na qualidade dos produtos, que é muito superior à dos supermercados.

Pois bem, nessa quarta-feira de cinzas não foi diferente! Lá fui eu, acompanhada do marido, fazer a feira. Compramos tudo o que precisávamos e ainda comemos um delicioso pastel de queijo do Mário, claro.

Quando cheguei em casa, pensei: preciso fazer o meu tempero! Vou explicar melhor: sempre  que compro alho e cebola, eu costumo processar uma grande parte, para quando eu tiver que temperar os alimentos eu não precise "perder tempo descascando o alho e a cebola. Mas, desta vez fiz diferente... tentei fazer o tempero da minha avó Lourdes.  E agora é que entra a saudades e a nostalgia!

A minha avó paterna, a D. Lourdes, falecida em 2003, era uma cozinheira de mão cheia, como todas as avós costumam ser. Mas, embora eu seja suspeita para falar, a comida dela era muito, mas muito especial mesmo, até aquelas mais simples, como o feijão de todo dia.... Sem contar o nhoque de batatas, que flutuava na boca! E muitas outras coisas.
Hoje, só nos restam as lembranças dos sabores... Infelizmente, ficamos sem as receitas, pois como ela não sabia ler, tinha que guardar todas as receitas na cabeça (coisa que eu não consigo fazer!). Um fato curioso sobre suas receitas é que ela era muito ciumenta quando estava na cozinha e não contava os seus segredos culinários, por isso é que o que eu vou colocar aqui hoje é uma tentativa de adivinhar a receita do seu delicioso tempero caseiro. Sei que ficou diferente do da minha avó, mas quem sabe um dia eu chego lá???

PS: Vó, a saudades da sra. é grande... e de suas comidas também! Beijos... te amo pra sempre!

 


Tempero Caseiro

04 cebolas grandes descascadas e picadas ao meio
03 cabeças de alho descascadas
01 tomate sem sementes
01 folha de louro
1/2 xíc. (chá) de  cebolinha (e / ou salsinha se preferir)
1 xíc. (chá) de sal

Modo de fazer

Coloque no processador a cebola, o alho, a cebolinha (ou salsinha), o tomate e o louro. Depois que tudo estiver bem picadinho, peneire todo o caldo que formar e coloque essa mistura em uma tigela para poder agregar o sal. Acrescente o sal, misturando bem. Por último, coloque em recipiente com tampa e está pronto o seu tempero caseiro!



2 comentários :

  1. Nossa, Cintya... você me fez voltar no tempo!
    Eu adorava quando a D. Lourdes me dava um pote deste tempero pra eu levar pra casa.
    Realmente, a comida dela era muito gostosa.
    Bjs,
    Cecilia

    ResponderExcluir
  2. Nós todos aqui adorávamos também, Cecília! Será que o tio João não ficou com a receita???

    Saudades dela de de vocês também!

    Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre!