10/12/2012

1a. Blogagem Coletiva do blog Brie com Goiabada

Olá pessoal!

Hoje o Cozinhar é preciso! está participando de uma blogagem coletiva, promovida pelo blog  Brie com Goiabada, da querida amiga Fabiola.
A proposta dessa blogagem é:

"Conte sobre uma lembrança que você tem das refeições em família ou sobre uma recordação de algum alimento em especial de quando era criança."

Espero que gostem da minha estória, que se passou há alguns anos atrás...

****

Foto: DAQUI

Dezembro para mim, é um mês cheio de recordações de momentos especiais vividos em minha família.
Quando começamos a pensar sobre o que fazer para celebrar o Natal, as estórias ressurgem. E junto com elas muitos sorrisos e às vezes lágrimas, mas não de tristeza e sim de saudades. Saudades daqueles que já se foram e que gostaríamos que estivessem entre nós...

O Natal de 1994, foi sem dúvidas, um dos mais marcantes de minha vida!
Naquele ano, resolvemos passar na casa de minha tia Inês, irmã e madrinha de minha mãe, madrinha do meu irmão caçula e madrinha minha de coração. Por aí já dá para entender que o vínculo que tínhamos era muito forte. Além disso, a minha avó (materna) morava com ela.
A preparação da ceia e de uma pequena celebração foi feita através do telefone, pois minha tia morava em Sorocaba e nós ainda estávamos em Santos. Minha mãe e minha tia passaram horas e horas acertando todos os detalhes para que tudo saísse como elas esperavam. Dividiram as tarefas sobre o cardápio assim nem uma e nem outra ficaria sobrecarregada.

Me lembro que participei bem de perto dos preparativos, afinal a filha nessas horas ajuda mais que os filhos...rsrs.
Nossa felicidade era tamanha! Resolvemos presentear minha tia com uma cesta de Natal, montada por nós, cheia de produtos que sabíamos que eles iriam gostar. E para a minha avó, claro, fizemos uma só com guloseimas, afinal ela como matriarca merecia exclusividade.

Subimos a serra rumo ao interior para lá vivermos horas inesquecíveis.
Naquele 24 de Dezembro, havia uma sintonia tão grande entre nós que, para quem crê em Deus, essa união só podia ter vindo Dele!
Minha tia preparou uma linda celebração - fizemos leituras da bíblia juntamente com reflexões - onde todos puderam participar e dar sua contribuição, até os mais pequenos, como por exemplo meu irmão Maurício e meu primo Caco, ambos naquela época com 13 e 9 respectivamente.

Somente depois disso é que iniciamos a ceia e à meia-noite fizemos a troca de presentes e, para nossa surpresa, todo o amor que colocamos na montagem das cestas, nos foi devolvido, pois minha tia também havia montado uma cesta para nós tão deliciosa quanto! Sintonia Divina!...

Foi uma noite maravilhosa! Que ficou para sempre em nossos corações!!!
Sabíamos que deveríamos aproveitar, pois minha avó já estava doente e talvez fosse o último Natal que passaríamos com ela.
E assim Deus o quis... no ano seguinte, antes mesmo de minha avó, a minha tia Inês faleceu repentinamente, nos deixando completamente estarrecidos e desnorteados... e claro que depois dessa dor, minha avó também se foi.

Hoje, muitos anos mais tarde, eu entendo perfeitamente porque aquele Natal foi diferente. Naquele dia, pude sentir o verdadeiro amor e união de uma família!
E é por isso que sou muito grata por ter tido a oportunidade de viver e desfrutar um momento tão especial e marcante em minha vida!!!

Saudades...


7 comentários :

  1. Que lindo relato, Cintya! Tem coisas, momentos, sentimentos que não conseguimos explicar com palavras, e isso só podemos atribuir ao cara lá de cima! Fiquei emocionada com sua história!
    Com certeza a tia Inês e a sua avó lá de cima participam de todos os momentos especiais em família. :)

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Eu não tenho a menor dúvida de que a espiritualidade conspirou para que esse natal fosse maravilhoso, pois seria uma despedida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Imagino tua emoção ao relembrar tudo. Estou arrepiada,e emocionada. Apesar da saudade que aperta, é muito bom relembrarmos de momentos tão especiais vividos com a família ou amigos tão próximos.
    Um lindo Natal para vocês.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Cintya, que emocionante sua história! Os momentos vividos são assim, a gente lembra com saudade, não com pesares ou tristezas. Naquele momento todos puderam expressar o quanto se amavam, estando junto, trocando presentes cheio de carinho. Um lindo Natal, assim como outros que vieram e virão :) Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Cintya, acredito mesmo que a sintonia existiu para transformar aquele Natal no último muito bem vivido por aquelas pessoas queridas.
    É tão bom recordar...
    Gracinha!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Ci, você nos deixou muito emocionados! Que história mais linda! Eu percebo que como parece que as coisas no mundo vão se atropelando cada vez mais, não podemos deixar de maneira alguma tudo o que a gente sente quando estamos em família, todo o exemplo de amor que podemos dar aos nossos amigos, filhos... tudo isso é celebrar a vida!
    Beijos
    Fabiola

    ResponderExcluir
  7. Cintya querida que linda história cheguei a me emocionar, pois senti o que é uma verdadeira familia, movida pelo companheirismo,e amor. Esse ano foi marcante e sempre o será, pois com certeza foi uma época linda, de muitas alegrias ao lado dos familiares que amamos e que muitos deles já se foram, mas mesmo assim, sempre nos trazendo boas recordações carregadas de saudades. Lindo. Bjocas miga uma linda semana

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre!