12/02/2014

Fraldinha em tiras ao vinho tinto e ervas


Na minha família (leia-se: pai, mãe e 2 irmãos) somos carnívoros assumidos.
Gostamos de tudo mal passado e temos o péssimo habito de comer certos tipos de carnes cruas. No meu caso, quando estou temperando um bife, por exemplo, chego a salivar e não resisto, acabo comendo um ok, vários pedaços crus, mesmo sabendo que não é bom. Acho que esse seria o meu maior pecado em se tratando de alimentação, claro.

Acho que até  tenho alguns hábitos bons, mas tenho consciência de que preciso melhorar. Por exemplo, não como as gorduras das carnes (aquela da picanha, ou a do pernil), não gosto de catchup, que na minha opinião é uma tranqueira (me desculpem!), odeio salgadinho (tipo Elma Chips) e maionese na comida, só aquela com legumes. Em alguns lanches, não faço questão da maionese, aliás, quando meu marido prepara o sanduíche, ele a substitui por requeijão, e na minha opinião fica muito melhor, pois ele se funde com a muçarela. Hummmm...!
Não, a minha alimentação não é perfeita, eu apenas tento comer coisas mais naturais e isso se deu graças à leitura de vários textos de blogs que sigo e admiro. Tenho ainda muito o que aprender e mudar.

Bem, mas o post de hoje é sobre carne, e vou falar especialmente da fraldinha, um corte que aprecio muito, pois é muito tenro. A receita veio do blog do István Wessel, um expert no assunto. E eu o conheci virtualmente, através do  meu irmão Fábio, que também adora cozinhar e, na minha opinião, é bem melhor na cozinha do que eu, principalmente quando o assunto é salgado. O meu forte são os doces, não tem jeito, são a minha paixão!
Essa receita eu fiz para o almoço do dia 22/01, quando comemorei 4 anos de casada. E até o meu marido, que prefere carnes ao ponto ou bem passadas, elogiou!
A carne, devido à marinada, fica extremamente macia e saborosa. As ervas dão um toque especial, porém na medida e o sabor delas não se sobressaem ao da carne, ficando tudo muito harmonioso.

Fraldinha em tiras ao vinho tinto e ervas
Receita DAQUI (assista ao vídeo no link ao lado)
Serve: 04 pessoas

1 xícara de vinho tinto seco
½ xícara de azeite
1 dente de alho
2 cebolas grandes picadas
1 colher de sopa de ervas finas (manjericão + tomilho + alecrim de preferência frescos)
Sal (usei flor-de-sal) e pimenta do reino moídos na hora
1 kg de fraldinha sem gordura

Preparo
1. Em um recipiente, acrescente os ingredientes na seguinte ordem: primeiro o vinho, depois o azeite, o sal a pimenta e misture bem. Em seguida, coloque o alho, a cebola, o manjericão, o tomilho e o alecrim. Se necessário, acerte o sal e a pimenta e misture novamente.

2. Coloque a carne na travessa para marinhar por uma hora fora da geladeira.

3. Retire a carne do molho e frite em frigideira bem quente de ambos os lados. Retire da frigideira e reserve.

4. Despeje todo o molho da marinhada na frigideira, raspe com uma colher de pau até limpar bem o fundo e deixe o liquido reduzir para uma terça parte.

5. Coe e volte a carne por mais 1 minuto à frigideira com o caldo já coado.

6. Corte em tiras de 2 cm de espessura e sirva com o molho bem quente.

Sugestão: sirva com batata cozida amassada e misturada com cebola roxa frita.

Bom apetite!
Cintya Maria

6 comentários :

  1. Quem está salivando sou eu com essa carne, Cintya. Que delícia.Eu também sou carnívora, mas não tanto quanto você. Ainda não comi bife cru...rsrs
    Também não gosto de catchup, salgadinhos industrializados e gordura na carne. Ponto para nós.
    Essa receita me pareceu bem gostosa. Vou levando comigo.
    Ah! Meu bolinho "zebrou".Mas ,não desisti, vou fazer novamente, apesar do sabor que estava fantástico.
    Bj,
    Lylia

    ResponderExcluir
  2. Amiga, que tentação!!!! Eu tb adoro carne mal passada. Ai meu Deus, estou passando mal de vontade dessa carninha. Ficou lindo mesmo o prato! Beijos mil
    Fabiola

    ResponderExcluir
  3. Uma excelente refeição.
    Bjs, Susana
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/Tertuliadasusy

    ResponderExcluir
  4. Amiga,
    tu é carnívora mesmo, rsrs.
    Dei muitas risadas só imaginar vendo vc salivando cortando a carne, kkkkkkkkkk
    Não sou fã de carne mal passada, mas fiquei tentada com essa sua receita, hehehe!
    Eu amo catchup, não gosto de gorduras, maionese risquei da milha lista faz muito tempo, e não fico sem requeijão cremoso e queijos em geral.
    Outra coisa que tirei da minha vida as margarinas, xô, xô.
    Agora só uso becel e manteiga em consumo moderado.

    Bjs ♥

    ResponderExcluir
  5. Amiga ri muito com seu relato, e fiquei imaginando vc provando o bife cru lembrei de minha mãe que adorava carne bem mal passada, ela morava ao lado da minha casa em S.Paulo, e sempre que eu fazia almôndegas, kibe, ou qualquer carne moída quando estava temperando, levava na casa dela pra ela provar uma pelota pra saber se estava bom de sal kkkkk. Já eu, não gosto de carne mal passada, gosto de bem passada, mas no ponto. Adoro fraldinha é bem saborosa, e ficou linda a sua, até encarava assim mal passada hehe. Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Também gosto da carne mal passada e esta ficou uma delicia e no ponto que eu gosto
    bj

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e volte sempre!